ADUFU - Seção Sindical do ANDES
Site Destaque

Vereadores aprovam terceirização de escolas municipais de Uberlândia

07/02/2018

O Comitê em Defesa da Escola Pública, Gratuita, Laica e de Qualidade realizou na manhã de hoje, 07 de fevereiro, um ato em defesa das escolas municipais de Uberlândia.  O protesto aconteceu na Câmara Municipal durante a votação do projeto que transfere a administração de escolas municipais para duas ONGs.

 

Sob intensos protestos o “primeiro lote” do projeto, que terceiriza as escolas de ensino fundamental dos bairros Pequis e Monte Hebron, foi aprovado com 18 votos a favor, três contra e duas abstenções.

 


As escolas, que foram construídas com dinheiro público, já estão prontas há um ano, mas continuam fechadas. A prefeitura alegou não ter condições de gerir estes patrimônios, porém recusou a oferta do governo estadual para administrar as instituições de ensino.

 

Após a aprovação, os manifestantes deram as costas para o plenário em um ato simbólico de repulsa. Os vereadores suspenderam a sessão, pois estavam incomodados com o barulho feito pelos cidadãos que protestavam a sua indignação.

 

O Presidente da Câmara, Alexandre Nogueira, do PSD, e o vereador Wilson Pinheiro, do PP, chamaram a policia Militar e denunciaram um dos manifestantes por ameaça. O manifestante que gritava “Se aprovar não reelege” fazia coro com dezenas de pessoas no momento. Por esse motivo, acredita que foi escolhido para ser denunciado à polícia por preconceito racial.

 

O manifestante não foi detido. Tanto o membro do comitê quanto os parlamentares foram ouvidos pelos polícias no próprio local. Uma audiência foi marcada para o dia 26 de fevereiro para maiores esclarecimentos.