ADUFU - Seção Sindical do ANDES
Site Destaque

Professores das IFE realizam Dia Nacional de Paralisação nesta quarta (21)

21/05/2014


O 21 de maio será marcado pelo Dia Nacional de Paralisação dos Docentes das IFE, e a categoria está mobilizada para reivindicar seus direitos. Em todo o país, as Seções Sindicais do ANDES-SN estão organizando paralisações, mobilizações, atos e panfletagem para que o data fique marcada como um importante momento da luta pela reestruturação da carreira docente, por melhores condições de trabalho, pela valorização salarial de ativos e aposentados e em defesa da autonomia universitária e da educação pública, gratuita, laica e socialmente referenciada.
Marinalva Oliveira, presidente do ANDES-SN, ressaltou a importância da mobilização da categoria. “Nossas propostas são consistentes, têm respaldo da categoria e esperamos que o processo avance para que produza resultados positivos o mais rápido possível sobre as condições de trabalho dos professores e sobre a qualidade acadêmica nas instituições federais de ensino”, afirmou Marinalva.
Confira o cartaz do Dia Nacional de Paralisação aqui.
 
 

AG ADUFU-SS delibera pela paralisação de professores/as da UFU no dia 21 de maio 

 
A Assembleia Geral da ADUFU-SS realizada na semana passada (15), no Anfiteatro B, do Bloco 5 O, do Campus Santa Mônica discutiu e aprovou a paralisação dos professores da UFU no próximo dia 21 de maio (quarta-feira).
 A data foi indicada pela última reunião do Setor das Federais do ANDES-SN para paralisação em todo o país.  O dia será marcado por atividades das Seções Sindicais  e por vigílias nas cidades. Nesse dia em Brasília ocorrerá uma reunião do ANDES-Sindicato Nacional com o Ministério da Educação com o objetivo de avançar nas negociações pela reestruturação da carreira e garantia dos direitos dos aposentados/as, sistematicamente prejudicados/as pelas ações governamentais especialmente quando da criação da classe de professor/a Associado.
A Assembleia da ADUFU-SS considerou fundamental a paralisação das atividades como forma de pressão ao governo federal neste dia de negociação e como oportunidade de aprofundar as discussões sobre a carreira, a retirada de direitos dos novos docentes, bem como a pauta local de mobilização, na qual se destaca as restrições orçamentárias na UFU, a carga horária didática, entre outros.
PROGRAMAÇÃO - Na UFU os professores definiram duas atividades para o dia de paralisação. O período da manhã será reservado para a discussão nas Unidades Acadêmicas. O período da tarde, 15h, no Anfiteatro do Bloco 5S (em frente a Biblioteca) acontece a discussão dos temas: Carreira Docente e Pauta Local.


 

Fonte: ANDES-SN