ADUFU - Seção Sindical do ANDES
Site Destaque

Nota da ADUFU em solidariedade ao MTST pela morte de Daniquel Oliveira dos Santos

06/03/2020

Na manhã de 05 de março, Uberlândia foi surpreendida com a notícia da morte por baleamento de Daniquel Oliveira dos Santos, militante do Movimento dos Trabalhadores sem Teto (MTST), morador da ocupação Fidel Castro. Daniquel era responsável pela infraestrutura da ocupação e fazia parte do movimento há três anos.


Segundo a coordenação do MTST, Daniquel foi executado covardemente pela Polícia Militar enquanto realizava uma manutenção em um dos postes de energia da ocupação. Assustado com a abordagem da Polícia, Daniquel e mais dois de seus companheiros fugiram. Quando capturado, o morador teria sido executado com um tiro na cabeça. A coordenação ainda relata que o corpo apresentava sinais de espancamento. O fato desencadeou o bloqueio da BR-050, na tarde de ontem, em protesto à atitude da Polícia, que respondeu com balas de borracha e bombas de gás lacrimogêneo. 


A morte de Daniquel revela um despreparo do poder público para lidar com as questões relacionadas à moradia e ao direito à cidade. A ocupação de áreas urbanas improdutivas por trabalhadores e trabalhadoras, como é o caso da ocupação Fidel Castro, demonstra a ainda latente desigualdade social brasileira que, por meio do Estado e de suas instituições, legitima especulações imobiliárias enquanto criminaliza as lutas dos movimentos sociais e de luta por moradia.


A Diretoria Executiva da ADUFU - Seção Sindical expressa a sua solidariedade à família, aos amigos e aos companheiros de Daniquel e aguarda uma apuração justa e criteriosa dos fatos que desencadearam o seu falecimento. Reafirmamos a nossa luta cotidiana por democracia, igualdade e direitos.


Uberlândia, 06 de março de 2020.


Diretoria Executiva da ADUFU - Seção Sindical