ADUFU - Seção Sindical do ANDES
Site Destaque

Fique por dentro do 64º CONAD do ANDES: leia o relatório da delegação ADUFU

18/07/2019



RELATÓRIO DO 64o CONAD

Brasília / 2019

 

Benerval Pinheiro Santos / FACED (Delegado)

Gilberto Augusto de Oliveira Brito / ICENP (Observador)

Célia Rocha Calvo / Aposentada INHIS (Observador)

 

TEMA CENTRAL DO CONAD

         Em defesa da educação pública, dos direitos sociais e das liberdades democráticas.

 

PRESENTES NO CONAD

         Estavam presentes em torno de 250 docentes, sendo 62 deles delegados e 70 ADs representadas.

         O CONAD foi realizado entre os dias 11 e 14 de julho de 2019, na Faculdade de Educação da UnB (Brasília), sendo a ADUnB a seção anfitriã.

         No primeiro dia, o Tema 1 ("Movimento e conjuntura: avaliação da atuação do ANDES-SN frente às ações estabelecidas no 38o Congresso") foi debatido a partir da proposição de 5 TRs, dentre as quais destacamos que a diretoria, proponente da maioria dos textos, apresentou uma análise de conjuntura no âmbito internacional, sobre a crise do capitalismo a nível mundial e, em particular, no Brasil. A análise foi ancorada no clima de derrota da votação em primeiro turno da Reforma da Previdência na Câmara dos Deputados que a categoria e o conjunto da classe trabalhadora sofreu. Diante deste clima, a falta de proposição por parte da diretoria e dos delegados alinhados a ela prevaleceu e a polêmica alimentada pelo grupo do Renova Andes foi justamente de pensar o que fazer diante desta derrota.

         Uma das proposições apresentadas e aceitas pela plenária foi a participação dos docentes no ato em apoio aos estudantes que se encontravam em Brasília, chamados pela UNE.

       No dia 12 de julho, na parte da manhã e início da tarde, os participantes do CONAD estiveram presentes no ato organizado pela UNE, no qual havia aproximadamente 20 mil pessoas. Apesar do forte policiamento, não houve ocorrências de conflito direto com a polícia. No caminhão, deputados de esquerda e outros convidados pela UNE falaram sobre a importância do ato para a continuidade da luta contra a reforma da previdência que seguiria no segundo semestre, para além de outros temas.

         Alimentados por este clima, os professores seguiram para a UnB para a continuidade do congresso, iniciando assim os trabalhos dos grupos (ao todo 6 grupos de trabalho, GTs). Neste dia foram discutidos apenas TRs relativos ao tema 2 ("Avaliação e atualização do plano de lutas: educação, direito e organização dos/das trabalhadores/as". Como no tema 1, a diretoria apresentou a maioria dos TRs.

         De modo geral,  as TRs se articularam em torno de:

1) Avaliação e atualização do plano de política sindical;

2) Avaliação e atualização do plano de lutas de política agrária, urbana e ambiental;

3) Avaliação e atualização do plano de lutas políticas de classe, etnias, gêneros e diversidade sexual;

4) Avaliação e atualização do plano de lutas de política de seguridade social e assuntos de aposentadoria;

5) Avaliação e atualização do plano de lutas políticas de ciência e tecnologia;

6) Avaliação e atualização do plano de lutas políticas de comunicação e arte;

7) Avaliação e atualização do plano de lutas políticas para carreira docente e verba;

8) Política de formação sindical - Balanço da CSP-Conlutas para o 4o Congresso da Central. Vale ressaltar o clima de tensão diante da exposição deste balanço na plenária. A polêmica mostrou as contradições existentes no interior da atual diretoria do ANDES, inclusive diante do texto 15 que tinha como título "CSP-Conlutas: Fim de um ciclo".

         No dia 12 de julho, os grupos de trabalho refletiram o tema 3 ("Avaliação e atualização do plano de lutas: Setores"), sobre as Instituições de Ensino Superior Estaduais e Municipais e as Universidades Federais. E por fim, o tema IV, que tratava de questões organizativas e financeiras.

         Em todas as discussões foram também tratados os TRs presentes nos anexos do c aderno de textos.

         Gostaríamos de destacar três discussões importantes que ocorreram nos Grupos de Trabalho e nas plenárias:

a) A primeira delas foi aquela que resultou na adesão do ANDES à Greve Nacional em defesa da educação, da democracia, contra a reforma da previdência e outros retrocessos, convocada pelo CNTE e que ocorrerá no dia 13 de agosto de 2019.

b) A segunda discussão tratou da inclusão da Marcha das Margaridas na agenda de ações do ANDES no segundo semestre de 2019. A diretoria e sua base não aprovaram a inclusão deste ato na agenda deste ano. Foi aprovada uma resolução propondo uma consulta às AD's sobre uma possível adesão neste ano (que então seria avaliada pela diretoria), o que na prática inviabilizaria a participação na marcha, e a discussão para a participação do ANDES na próxima marcha.

c) O Renova Andes, diante do anúncio da imprensa do plano do governo Bolsonaro de ataque à autonomia das universidades federais, lançou na plenária do dia 13 de julho um carta apelo à diretoria, a qual resultou no manifesto de alerta lançado pelo ANDES no dia 14 de julho. O manifesto foi redigido por uma comissão com representantes da diretoria e sua base e representantes do Renova Andes.   

        O GTPE da ADUFU apresentou dois TRs: Texto 27, "Para barrar o retrocesso na educação, defendemos uma escola sem mordaças", que foi aprovado com modificações no Grupo de Trabalho 1, com a defesa do delegado da ADUFU. Já o Texto 29, "Pela interrupção dos processos de privatização, defendemos incondicionalmente o caráter público da universidade pública", foi recusado no GT que o apreciou e também na plenária.


Considerações Finais

         Queremos ressaltar a experiência positiva da participação no CONAD, pois oportunizou a apreensão neste congresso das diferentes tendências e posicionamentos da nossa categoria. Entretanto, ressaltamos a fragilidade de alguns posicionamentos em relação às análises de conjuntura no que se refere principalmente às questões relacionadas ao plano de carreira, campanha salarial e aos impactos da política de desmonte da universidade após o golpe de 2016.



Imagens: ANDES - SN e ADUFU - SS.